Skip to content

Open

janeiro 25, 2010

Dando sequência a um post do ano passado do meu querido amigo B, voltamos a falar de um ídolo do esporte mundial, Mr. Andre Agassi e de sua autobiografia “Open”.

Apesar da surpresa da grande maioria das pessoas com a revelação do uso de doping por Agassi, para mim não foi tão estranho assim, uma vez que estávamos falando de um doping por drogas e não um doping relacionado a perfomance. E como muitos já sabiam, os anos de 96 e 97 não foram dos melhores para essa lenda do tênis.

Após ler sua auto-biografia, com certeza alguns pontos, momentos e revelações realmente foram muito impactantes e vale a pena dividir com vcs.

O mais impressionante ponto do livro é a real relação de amor e ódio do tenista com o esporte tênis! Eu posso afirmar que mais ou menos a cada 10 páginas do livro, ele reafirma odiar o esporte que tanto o consagrou. Isso se deve a uma série de pontos como a individualidade do esporte, a impessoalidade com que os tenistas se tratavam nos vestiários e principalmente pela pressão exercida pelo pai desde uma idade muito jovem (a primeira raquete veio entre 2 e 3 anos!).

Outro ponto marcante são as guerras mentais contra outros tenistas que marcaram a sua carreira, em especial as guerras contra Becker, às vezes perdida, mas na maioria dos casos vencida; e a guerra contra Pete, essa sim na maioria das vezes perdida, apesar do histórico apontar uma diferença não tão grande no retrospecto (20-14 Sampras, porém 6-1 Sampras em finais de Grand Slam).

Finalmente, um ponto que fica claro a cada página que passa desta excelente autobiografia é o fato de mostrar Agassi como um ser humano, com muitos erros e acertos, magóas e felicidades e acima de tudo uma vontade enorme de extravasar todos os seus momentos mais difíceis e ruins em páginas e mais páginas.

Devido a contrariedade dos pontos que apresentei aqui, muitos de vcs devem estar se perguntando se o livro me tornou mais ou menos fã do tenista Andre Agassi? E o que posso responder para vcs é que nem um, nem outro… Porém, me apresentou muito mais da vida do ser humano Andre Agassi, além de me tornar um grande admirador dessa figura.

Para vc que não conhece um pouco mais do trabalho extra quadra dessa fera, vale a pena conferir o site de sua fundação: www.agassifoundation.org

Um grande abraço,

P.

One Comment leave one →
  1. dangran permalink
    fevereiro 17, 2010 8:17 pm

    Bela foto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: