Skip to content

Porque o verdadeiro reconhecimento vem somente depois do óbito? – parte 2

janeiro 31, 2010

Queridos leitores,

“The show must go on” e agora vcs irão entender o meu hiato de alguns dias entre a primeira parte do post e a segunda.

A lenda estava só se aquecendo…

A MINHA LENDA VIVA DO ESPORTE

A verdade é que assim como a música este também é um campo complexo para apontar-se lendas, porém eu diria ainda mais complexo devido ao fato de que todos do esporte realmente só realizam o seu verdadeiro potencial em vida, diferente de muitos músicos que necesitam transceder gerações para alcancer o seu ápice em termos de de entedimento por parte do público.

Dito isso e sem muito o que pensar devido aos seus incríveis números, a minha lenda viva do esporte trata-se do tenista Roger Federer.

Como eu já disse uma série de vezes, eu poderia passar dias falando dos números alcançados por essa fera, como os 16 títulos de Grand Slam ou as 23 semi-finais consecutivas em torneios do mesmo nível, números simplesmente imbatíveis dentro do esporte.

Mas acima dos número, aqui é necessário ressaltar o que esse jogador vêm fazendo pelo esporte, especialmente junto ao seu nêmesis Rafael Nadal.

Federer se firmou como número 1 do mundo com um jogo simplesmente completo. Um forehand imbatível, um slice de dar inveja a Steffi Graf, um backhand que quando afiado funcionado muito bem, um saque incrível e acreditem se quiser, um jogo de rede excepcional!

Adicione a todas essas características, uma força mental invejavel e um “camisa” de muito peso e vcs passam a entender o medo dos outros jogadores ao enfrentar essa fera e o que significa a frase:

“Ao ver um jogo de Roger, vc está vendo história!”

Sintam-se privilegiados de viver essa era do esporte! Sintam-se privilegiados assim como eu de assistir jogos históricos dessa lenda, assim como as duas finais de Wimbledon! Acreditem, vcs ainda contarão aos seus netos sobre essa lenda viva…

Como é de praxe, deixo vcs com um pequeno vídeo, porém dessa vez não com grandes jogadas, mas sim com uma grande homenagem ao que RF vêm fazendo:

Até mais um post,

P.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: