Skip to content

Águas Calientes + Machu Picchu em 2 dias

junho 13, 2013

Águas Calientes

 

Se Cusco é pequena, pode acreditar que Águas Calientes é um completo ovo. Não vai demorar mais que um par de horas pra você dar uma volta na cidade.

Dar uma passadinha pelo centro com certeza é válido, mas o que é mais legal é uma feirinha de malhas, a qual fica logo ao lado estação de trem (fique tranquila, que você pode voltar lá depois de deixar a mala no hostel. Tudo é muito perto.) e tem malhas bem típicas peruanas por preços irrisórios (comprei uma malha de lã por uns 15 reais pra você ter idéia).

Image

Quando você chegar na cidade ou no hostel, tenta encontrar algum guia, o qual possa te guiar em Machu Picchu. O nome da nossa era Marina, mas infelizmente não tenho o contato dela. O guia é extremamente necessário para Machu Picchu, caso contrário você vai ver um monte de ruínas e não vai entender muita coisa.

Image

Hostel: mais uma vez um hostel com uma pegada bem diferente. Ele chamava-se La Payacha e na verdade era uma mini pousada super simpática e simples, mas que atendia todas as nossas necessidades. De brinde, tínhamos o rio literalmente do lado da nossa janela. Uma experiência muito legal!

Image

Machu Picchu

 

Chegou a hora da verdade e o motivo de toda essa longa viagem.

O primeiro passo de todos e mais importante é comprar antecipadamente o ingresso para visitar a cidade. Existe um site do governo, no qual você pode fazer isso. Lá você terá a opção de comprar somente para Macchu Picchu ou também para Waynapicchu. Opte pela 2a opção!

Waynapicchu nada mais é do que uma das montanhas mais altas, a qual fica DENTRO de Macchu Picchu e proporciona a melhor vista da cidade. Você vai precisar fazer uma trilha de mais ou menos uma hora para subir, mas vale muito a pena mesmo. Importante ressaltar que o ingresso para Waynapicchu é com hora marcada e os horários são 7am ou 10am.

Image

A cidade de Macchu Picchu abre às 6am, logo o ideal é você pegar o bus que sobe para a cidade às 5:30am (chegue no ponto por volta de 5am, pois rola fila) e ser um dos primeiros a entrar na cidade. Além de trazer mais tranquilidade, você consegue percorrer a parte central de Macchu Picchu e depois subir para Waynapicchu.

Quando você terminar a descida de volta para Macchu Picchu provavelmente já estará morta, mas caso tenha energia, você ainda pode fazer uma trilha de mais meia hora para a Puente Inka. A ponte é linda, mas infelizmente só pode ser vista à distância.

Terminada a energia, é só pegar um dos ônibus e descer para Águas Calientes.

Importante: leve comida e água em uma mochila, pois não vendem absolutamente nada lá dentro. O ideal é levar snacks e um bom sanduíche para a hora do almoço.

Image

Image

Esse foi o fim da sequência de posts sobre o Peru. Espero que tenham curtido e que seja útil pra quem esteja planejando uma viagem pra lá.

Bjs e abs,

P.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: